sexta-feira, 9 de dezembro de 2011

Até breve

video

Foi ali que eu passei a acreditar quando ela me disse que anjos estavam sempre ao nosso redor, mas só apareciam para aqueles que realmente os desejavam ver. E como foi? Era como se nada mais importasse. Nada o que? Tudo. Entendo. Chegaram a conversar? Sim e não. Explique-se. Eu não precisava falar, nem o anjo, mas entendia o que queria me dizer. Você está bem? Dor de cabeça de novo. Quer que eu chame alguém? Não. Daqui a pouco vai passar. Tem alguma coisa que eu posso fazer por você? Acho que agora não tem mais o que fazer. Melhor eu ir de uma vez. Ainda tem alguma chance de você. Tem, mas enquanto ela não chega prefiro continuar de longe. Quem sabe uma dia quando o orgulho perder sentido tudo se resolva. Até breve...

Nenhum comentário:

Postar um comentário